SEMPRE COM SAÚDE, SEMPRE NATUROVOS

Ano

Mês

TAGS

Artigo / 01.02.2018 Confira mitos sobre os ovos respondidos pela ciência

Nos últimos anos, muitos estudos revelaram a importância dos ovos à saúde. Até mesmo os cardiologistas mais radicais começaram a rever suas opiniões. Essa virada de conceitos se deve a pesquisas científicas que mostraram que o ovo pode ser um grande amigo dos adeptos. Confira agora alguns mitos sobre o consumo de ovos: 

 

1. Comer ovo aumenta o colesterol
Inicialmente o ovo foi condenado por conter em sua gema aproximadamente 215 mg de colesterol e por isso as pessoas consumiam de forma regulada. Hoje os estudos têm demonstrado uma relação inversa mostrando que além de não aumentar o colesterol, o alimento ajuda na saúde do coração e na diminuição dos riscos das gorduras saturadas.



2. É melhor comer só as claras e descartar as gemas do ovos
É um grande engano consumir apenas as claras e descartas as gemas. Ela é rica em luteína e zeaxantina, substâncias fundamentais para a saúde dos olhos. 

 

3. Temos que lavar os ovos antes de guardar na geladeira
Após a compra, é sempre importante mantê-los sob refrigeração. Mas a higienização não é totalmente necessária pois a casca do ovo é porosa e contem uma película protetora natual que impede a penetração de agentes externos. 



4. Ovo cru é mais saudável
Quem não gosta de uma boa maionese caseira ou aquele quindim saboroso? Mas os nutricionistas não recomendam a ingestão de ovo cru ou não cozido por não sabermos sua procedência. 



5. Não pode comer ovo todo dia
Um estudo feito para avaliar o colesterol descobriu que o consumo regular de ovos ão interferem nos níveis de colesterol. Eles analisaram as pessoas e detectaram que 70% não tiveram alterações. 

 

Fonte: diariodebiologia.com

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA